Arquivos: Releases

Logshore realiza ação de combate à dengue em Guaxindiba

A Logshore, empresa de armazenamento de cargas naval e offshore, realizou uma ação de combate à dengue em Guaxindiba, uma das comunidades mais carentes de São Gonçalo. Moradores do local receberam a visita de uma equipe de funcionários treinados da empresa, que distribuíram panfletos, tiraram dúvidas e ensinaram medidas simples de prevenção à doença.

Elaine Monteiro, de 30 anos, mãe de cinco filhos, foi uma das que recebeu a visita da equipe da Logshore. “Eu procuro cuidar bem do quintal da minha casa, porque sempre acumula água. É a primeira vez que recebo alguém explicando sobre os riscos da doença”, disse Elaine. Já Ana Cristina Reis, de 45 anos, mora na região há sete e recentemente sofreu com um caso de dengue na família. “Nunca vi tanto mosquito por aqui. Minha filha de 22 anos teve dengue há 10 dias e ficou muito mal. Procuramos fazer a nossa parte, mas se o vizinho não fizer o mesmo, não adianta. Já recebemos agentes de saúde da prefeitura que atuam no combate à dengue, mas essa é a primeira vez que recebemos a visita de alguém nos orientando, com detalhes, sobre os cuidados que precisamos ter para evitar a doença, declarou.

A Logshore é situada na Estrada de Guaxindiba, 39 C1, em Guaxindiba, São Gonçalo. Telefones: (21)3713-8443 / (21)3709-2621

O desafio das cotas obrigatórias para deficientes

O cumprimento da Lei de Cotas para pessoas com deficiência continua a ser o desafio para muitos empresários. A partir de 100 funcionários, passa a ser obrigatória a contratação de deficientes, cuja porcentagem varia de 2% a 5%, em função do tamanho da empresa. Segundo o Censo 2010, o Brasil tem 17 milhões de deficientes, e São Paulo, que é o principal mercado empregador de deficientes do país, registra 44% de adesão das empresas, enquanto no Rio, esse índice não chega a 20%.

Diante deste quadro, a Delphi, especializada e Medicina e Segurança de Trabalho, criou um programa que disponibiliza e orienta o preenchimento dessas vagas. Em um ano, a clínica atendeu a 84 empresas, o que resultou na contratação de 393 profissionais com deficiência. “Muitas vezes conseguimos preencher as cotas com funcionários da própria empresa, já qualificados”, esclarece David Gurevitz, diretor da Delphi.

Serviço: A Delphi fica na Avenida Presidente Vargas 529, 8° andar, Centro. Informações pelos telefones (021) 3233-5500/ 3233-5501.

Xadrez literário, o xeque-mate do Miraflores

O Colégio Miraflores ministra, no 6° ano do seu ensino fundamental, um verdadeiro xeque-mate curricular para estimular os alunos: nada menos que uma disciplina chamada “xadrez literário”. As aulas ganharam força e fama ao longo dos dois anos em que veem sendo ensinadas pela professora de literatura Alessandra Macedo Lameirão.

O objetivo do curso, porém, vai além de regras como táticas, raciocínio lógico e concentração. Objetiva, também aplica jogos e quebra-cucas capazes de estimular as crianças em todas as demais disciplinas. A intenção é ainda ajudar ao aluno, na fase de transição para a adolescência, a ser mais concentrado, conhecer reações pretensamente adversárias e enfrentar desafios. Uma das atividades realizadas com aprovação e sucesso foi assistir, na escola, ao filme “Alice no País das Maravilhas” e, em seguida, realizar um jogo cujas peças foram os personagens do filme. Uma brincadeira na verdade para motivar e incentivar a turma. “Há muitas mudanças do 5º para o 6º ano. A troca de turno, a quantidade de professores – que passa a ser um para cada disciplina e a junção de duas turmas. Usar o lúdico nesta fase colabora para enfrentar estes novos desafios pelos quais as crianças passam”, explica Alessandra.