Arquivos: Eventos

Forró e Jazz juntam música franco-brasileira

Baile-show no dia 15 de junho, no Teatro Municipal de Niterói, celebra mistura de ritmos entre os dois países

            A Aliança Francesa de Niterói traz para a cidade o projeto “De Rio a Lille”, que mostra um vibrante casamento musical entre artistas brasileiros e franceses.  Com repertório que reúne clássicos como “La Javanaise”, “La Foule”, “La Vie en Rose” e “Pas a Pas” com roupagem nordestina, o grupo Messiê Forró se apresenta no Teatro Municipal de Niterói, no dia 15 de junho, às 19h, com preços populares.

Nascida da união da companhia Tire-Laine com o grupo Urubu, a banda é formada pelo acordeonista, cantor e compositor brasileiro Rodrigo Marchevsky, de volta ao país depois de 10 anos morando na Europa e pelos músicos franceses Yann Deneque (saxofonista, percussionista e clarinetista) e Lucien Alfonso (violinista e cantor). Eles estrearam o espetáculo na França durante o Festival Internacional de Forró de Lille, em maio, e fizeram dois shows em Paris. Em Niterói, a apresentação contará com a presença especial da percussionista Lívia Guedes e de músicos do grupo Casuarina. Durante a turnê no Brasil, eles farão shows também no Rio e em Belo Horizonte.

“As apresentações promovem o intercâmbio entre as culturas do Brasil e da França com ritmos que vão do baião à valsa, da canção francesa ao jazz”, conta Rodrigo, que atuou no premiado espetáculo “Gonzagão, a lenda”. Paralelo aos shows, serão realizados ateliês musicais sobre a relação da música cigana francesa e a brasileira.

Serviço: O show “De Rio a Lille” acontece na quinta-feira, dia 15 de junho, às 19h, no Teatro Municipal de Niterói (Rua XV de Novembro 35, Centro). Ingressos: Inteira R$ 10,00 – Meia R$ 5,00. Tarifa especial para os alunos da Aliança Francesa de Niterói, R$ 2,00.

Festival Varilux traz filmes franceses inéditos para Niterói

O evento acontece de 8 a 25 de junho no Centro de Artes UFF, em parceria com a Aliança Francesa

O Festival Varilux de Cinema Francês chega a Niterói pelo segundo ano consecutivo. Entre os dias 8 e 25 de junho, 19 produções inéditas nos cinemas brasileiros, incluindo um documentário e um clássico, serão exibidos no Centro de Artes UFF, em Icaraí. Os maiores astros do cinema francês estarão presentes na seleção. O público poderá conferir os mais recentes trabalhos de Catherine Deneuve, Gérard Depardieu, Juliette Binoche, Marion Cotillard, Guillaume Canet e Cécile de France. Outro destaque é a última atuação da inesquecível Emmanuelle Riva, falecida em janeiro, em “Perdidos em Paris”.

O Festival é realizado na cidade em parceria com a Aliança Francesa de Niterói. Produzido pela Bonfilm, o evento tem patrocínio principal da Varilux/Essilor, Ministério da Cultura e Secretaria de Estado de Cultura, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro. E este ano, chega a mais de 55 cidades, distribuídas em 21 estados e Distrito Federal.

No dia 8, às 15h, acontece a exibição do primeiro filme, “O Filho Uruguaio”, que será seguida de debate aberto ao público com o diretor Olivier Peyon e os atores Maria Duplaa e Ramzy Bedia. O longa conta a história de Sylvie (Isabelle Carré) em busca do filho (Dylan Cortes). Ele foi sequestrado e levado para o Uruguai pelo pai, logo após o divórcio do casal. Entre outros filmes do Festival estão “Um Instante de Amor”, de Nicole Garcia, com atuação de Marion Cotillard, ganhadora do Oscar de 2008 por “Piaf – Um hino ao amor”; “Rock’n roll – Por trás da fama, comédia satírica de Guillaume Canet, e “Frantz”, o mais recente filme de François Ozon, uma surpreendente adaptação do filme de Ernest Lubitsch de 1932, com o novo astro do cinema francês Pierre Niney.

Haverá ainda uma sessão escolar gratuita no dia 9, às 9h, com o documentário “Amanhã”, codirigido por Cyril Dion e pela atriz Mélanie Laurent. O filme aborda temas ambientais e foi premiado com o César de melhor documentário em 2016. Para realizar a obra, a dupla de diretores viajou por vários países para retratar pioneiros que reinventam agricultura, energia, economia, democracia e educação. Conheceram iniciativas positivas e concretas já funcionamento e que sinalizam o que pode se tornar o mundo no futuro.

Seguindo a tradição de exibir um clássico do cinema francês, o Festival Varilux traz a comédia-musical “Duas Garotas Românticas”, de Jacques Demy e Agnès Varda, que completa 50 anos em 2017. O longa, com Catherine Deneuve, foi indicado ao Oscar de melhor trilha sonora em 1969. A listagem com as sinopses, dias e horários de exibições de todos os filmes no Centro de Artes UFF está disponível no link: https://goo.gl/WPA3aV. Sucesso de público em 2016, o espaço ficou em oitavo lugar em número de espectadores entre os 92 cinemas participantes no Brasil.

Serviço: Em Niterói, o Festival Varilux de Cinema Francês exibe 19 filmes inéditos no Brasil, de 8 a 25 de junho, no Centro de Artes UFF. Endereço: Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí. Ingresso: Segunda-feira – R$ 4,00 (preço único). De terça-feira a domingo – R$ 14,00 (inteira) e R$ 7,00 (meia). Mais informações: 3674-7512.

 

 

 

Niterói celebra sua cultura no Salão de Artes Visuais

livros1

Aliança Francesa junta-se ao Instituto Cultural Germânico na exposição das melhores obras de 12 artistas nacionais

O Centro de Cultura França-Alemanha (CCFA)  promove o 5º Salão de Artes Visuais de Niterói. A mostra reúne obras de 12 artistas de todo o país, com a proposta de incentivar novos talentos na cidade. Com entrada gratuita, o evento terá vernissage na quinta-feira, 6 de abril, às 19h, no Instituto Cultural Germânico (ICG). E as peças podem ser vistas de 7 de abril a 13 de maio nas duas instituições, ambas em Icaraí.

Criado pela Aliança Francesa de Niterói e o ICG em 2006, o CCFA tem por objetivo estreitar os laços entre esses países e a população niteroiense. “Os trabalhos que serão expostos são expressivos e ainda teremos a oportunidade de receber artistas de várias partes do Brasil. Ou seja, um momento da celebração da cultura na cidade”, diz a diretora da Aliança Francesa de Niterói, Peggy Giordano.

A exposição estimula a produção artística e vai apresentar pinturas, desenhos, gravuras, fotografias e esculturas. “Participar de um Salão como o nosso é de grande importância para a carreira do artista, principalmente para os que estão iniciando. Aqui eles têm a oportunidade de expor seus trabalhos e se tornarem conhecidos no meio artístico nacional”, reforça o diretor da ICG, Ricardo Freitas.

Entre os artistas selecionados está Fernando V da Silva, de 79 anos. Ele recebeu o Prêmio Funarte no II Salão de Artes Plásticas da Universidade Federal Fluminense (UFF), em 1977. E suas pinturas já foram expostas na França, Holanda, Argélia, Portugal e Estados Unidos.

Os visitantes poderão conhecer também os desenhos de Mariana Rocha. Formada em Artes Visuais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), a niteroiense já viu seus trabalhos percorrerem mostras por Curitiba, São Paulo, Brasília, Fortaleza, Recife e Salvador. Outro artista da cidade é Adilson d´Ávilla, que atua na coordenação de montagem das exposições da Galeria de Arte UFF. Ele vai apresentar instalações sobre a ação do tempo na matéria e na memória.

Os trabalhos do artista visual Élcio Miazaki também estarão presentes na exposição.  Formado pela Universidade de São Paulo (USP), o fotografo trará imagens antigas restauradas com o intuito de preservar e valorizar as recordações. Já o paulista Wellington de Barros Pessoa, conhecido WBP, vai apresentar suas pinturas, que têm a cultura punk como referência.  E a carioca Graci Kaley mostrará desenhos em aquarela, nanquim e grafite, que prestigiam a tradição indígena brasileira.

Estarão presentes ainda peças dos artistas: Felipe Barros (RJ); Samy Sfoggia (RS); Iriê Salomão (MG); Fernando Correia (SP), Rodrigo Sávio (MT) e Thaieny Dias (RJ). Os dois vencedores do 5º Salão de Artes Visuais de Niterói ganharão exposições individuais em 2018. Um vai expor na Aliança Francesa e outro no Instituto Cultural Germânico.

Serviço: O 5° Salão de Artes Visuais de Niterói terá vernissage no dia 6 de abril, às 19h, no Instituto Cultural Germânico, e pode ser visitado de 7 de abril a 13 de maio nas duas instituições.

Aliança Francesa – de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h30 e sábado, das 9h às 12h (Rua Lopes Trovão, 52 – Icaraí / 2610-3966).

Instituto Cultural Germânico – de segunda a sexta-feira, das 15h às 20h. (Av. Sete de Setembro, 131 – Icaraí / 2714-0879).

Entrada: franca | Classificação: livre