Surrealismo de Jacques Prévert é tema de exposição na Aliança Francesa de Niterói

livre

              Jacques Prévert foi mais que um artista. Amigo próximo de nomes como Pablo Picasso, abraçou todas as formas de criação. Atuante também como teatrólogo, cineasta, poeta, pintor e compositor, ele teve suas obras surrealistas expostas no mundo todo. E a Aliança Francesa de Niterói, em Icaraí, recebe trabalhos de Prévert, que poderão ser vistos durante todo o mês de setembro.

            As colagens do artista feitas em papel cartão retratam pessoas em situações inusitadas, característica do movimento surrealista. Diversos elementos da natureza e anatomia são utilizados para criar uma sensação de sonho. A exposição é em memória dos 40 anos da morte de Prévert (1900-1977). A Aliança Francesa de Niterói fica na rua Lopes Trovão 52, 2° andar. O evento é gratuito e aberto ao público.